Z Arquitetura.

Praça em Afogados da Ingazeira
-----------------------------------------------------------------------
Localização: Afogados da Ingazeira, PE2005
Tipologia: Espaço público
Status: Construído
-----------------------------------------------------------------------
Arquiteto(s): Múcio Jucá; Vera Freire.
-----------------------------------------------------------------------

Principal espaço público do Município de Afogados da Ingazeira tem em seu entorno importantes edifícios, como a Igreja matriz (sendo esse o elemento dominante na paisagem), a Prefeitura da Cidade, comércio, restaurantes e hotel, além de estar localizada próxima à feira da cidade.

A praça tem caráter cívico de grande importância, comportando a realização de festas, de eventos sazonais e apresentação de bandas de música, por exemplo. 

A proposta de reforma do espaço foi concebida tendo como princípios:

1- Análise e aproveitamento da arborização existente, principalmente a de grande porte, e ampliação da massa vegetal, para potencializar o espaço de intervenção como elemento amenizador do clima do Sertão.

2- Manter o princípio básico do desenho da praça (geometria da cruz), mas substituindo as lajotas de concreto pré-existentes por pedra Itacolomy do Norte, típica da região. Criação de outro eixo que se sobrepõe ao primeiro, sendo esse último concebido utilizando blocos de concreto, com o objetivo de criar uma paginação direcionada perpendicularmente à fachada da igreja matriz, reforçando a relação (visual, proporção e simbólica) do edifício com o espaço público.

3- Os quatro cantos da praça foram delimitados por bancos em granito e base revestida em pedra Itacolomy do Norte. Formas orgânicas acabaram sendo criadas, para se contrapor à linearidade e ortogonalidade que domina a composição.

A rua existente entre a Igreja Matriz e a Praça foi incorporada ao espaço público.  A área na lateral da igreja (em frente a Prefeitura) também foi incorporada à praça. Assim, foi possível implantar uma pista de Cooper de dimensão maior, que contorna todo o espaço de intervenção e ao lado da igreja.


The Monsenhor Arruda Câmara Square is the most important public space of Afogados da Ingazeira, and on its surroundings there are also the most important buildings of the City, like the Cathedral, The City Hall, as well as shops, restaurants and hotels. 

The square is also an important civic space, where folk parties and events are held, as well as concerts and presentations by music bands, for example. 

The concept for this intervention was based on these principles:

1- Analysis of existent vegetation, and definition of new species in order to minimize the rigor of local climate.

2- To maintain the basic principle of the actual geometrical design of the square (based on a cross) but with the substitution of concrete by regional stone Itacolomy do Norte. The design foresees the creation of new axis, perpendicular to the Cathedral´s facade, using concrete bricks, reinforcing the visual and simbolic relation between public space and building. 

 3- The 4 corners of the square were defined by granite and stone benches with organic design as a way to balance the orthogonal geometrical axis that dominate the design of the composition.

The street that segregated the church from the square was incorporated to the public space. Another area located to the cathedral’s lateral facade was also used to expand the square, in this case, making it possible a longer running track that runs all around the public space.