Z Arquitetura.

Casa e atelier de Braz
-----------------------------------------------------------------------
Localização: Moreno, PE2012
Tipologia: Residência e atelier
Status: Projeto
-----------------------------------------------------------------------
Arquiteto(s): Múcio Jucá; Vera Freire.
-----------------------------------------------------------------------

Imagens: Ivison Guedes

Projeto de casa e atelier localizada em loteamento na zona rural da cidade de Moreno, Região Metropolitana do Recife. O projeto tinha como desafio principal o de articular as atividades de residência e atelier do artista Braz Marinho, cujo trabalho era bastante geométrico (tanto pinturas como esculturas), o que acabou por motivar o uso de estrutura metálica e vedações com esquadrias em madeira de piso ao teto, como recursos para enfatizar a geometria do conjunto. 

A concepção geral busca estabelecer forte relação com a paisagem (oeste) e vegetação cerrada (leste) do entorno. De modo geral, o projeto foi concebido a partir da composição de dois volumes principais, separados por espaço de transição com pé-direito duplo, onde fica a escada e passarela de ligação entre os quartos.

Grande ênfase foi dada à criação de ambientes que estão visualmente interligados, e também na permeabilidade entre espaços internos e espaços externos. A concepção geral prevê a casa como elemento que se abre e se fecha de acordo com a necessidade e/ou desejo dos habitantes, quer seja para controlar a ventilação e luminosidade, ou pelo desejo de se integrar ao entorno.


This house and atelier is located in the rural area of the city of Moreno, Metropolitan Region of Recife. The main challenge of the project was to articulate the activities of residence and atelier of the artist Braz Marinho, whose work was quite geometric (both paintings and sculptures), which ultimately motivated the use of metal structure and beam-to-beam wooden frames, as a resource to emphasize the geometry of the set.

The general conception seeks to establish a strong relationship with the landscape (west) and vegetation (east) of the surroundings. The project was conceived as a composition of two main volumes, separated by a transition space with double height, where the staircase and walkway connects the bedrooms.

Great emphasis was given to the creation of opportunities to connect spaces, and also on the permeability between internal spaces and external spaces. The general conception provides the house to become an element that opens and closes according to the needs and/or desire of the inhabitants, either to control ventilation and luminosity, or by the desire to integrate with the surroundings.